Regime, a palavra que me assusta…

Vou ser sincera, a palavra regime me assusta um bocado. Pensar que quando você diz que está de regime todo mundo a sua volta se sente no direito de julgar o que você está comendo e controlar cada garfada que você dá.

Sei de pessoas que fizeram “regime” comendo apenas comida saudável, outras fizeram regimes e comiam doces diariamente, ou seja, o regime não é uma regra, cada um faz da forma como acha melhor.

Não, eu não estou de regime, só estou tentando me alimentar melhor. Senti que há uns três meses minha barriga tem ficado inchada após as refeições (não, eu não preciso de activia pois meu intestino trabalha bem!), mas não sei a causa, não percebi nada de diferente, mas achei por bem parar com o refrigerante. Já passei um ano sem tomar qualquer bebida com gás. Foi difícil, mas eu não morri, então decidi começar de novo. Tenho tomado mais água e sucos naturais ou não.

Como disse no post anterior, eu estava fazendo comida em casa de 3 a 4 vezes na semana. Mas nas ultimas duas semanas e dois dias eu estou fazendo comida em casa todos os dias! Não comemos fast-food por esses dias e apesar de nem sempre termos comidas saudáveis em casa já é um grande passo. Na maioria dos dias temos arroz, legumes e uma carne, mas as vezes rola um deslize (ou lombriga) e atacamos um nuggets ou o pão com salsicha…

Em resumo, acho que estamos começando a ver um caminho melhor, acho que nem tudo está perdido.

Como falei com o meu marido, se tivesse começado a um ano atras, já teria um ano de vida saudável e emagrecimento, mas nunca é tarde para dar o primeiro passo.

Vejo vocês em breve.

Anúncios

O dia em que uma caixa e meia de Bubbly entrou em casa…

Estava eu, feliz e contente no fim da segunda-feira, indo em direção a minha casa, quando meu marido me pede para olhar no banco de trás do carro. Para minha surpresa, vi uma caixa azul, pesada, e quando à puxei percebi que eram aqueles chocolates aerados da Lacta, o Bubbly. Segurei a caixa e perguntei ao meu marido onde ele tinha conseguido tantos chocolates. Não satisfeito com a explicação, ele me disse que tinha mais uma caixa ali atras, em algum lugar!

Por um momento meu cérebro entrou em colapso! Poxa, eu tinha acabado de fazer compras saudáveis no domingo, e na segunda feira umas 30 barras de chocolate entraram na minha casa!!!

Cheguei em casa, fiz arroz e esquentei a “mistura” do fim de semana. Jantamos. Esqueci que os chocolates estavam lá, e quando me lembrei pedi uma barra ao meu marido. Pronto, dividimos uma barra de chocolate. Apesar da felicidade momentânea, acabei ficando um pouco preocupada. Comemos na segunda uma barra dividida em 2. Na terça a mesma historia se repetiu….

Estou preocupada, se continuarmos com esse ritmo, em quanto tempo teremos ingerido as 30 barras? Quanto açúcar estamos ingerindo nesses dias? Será que vale a pena?

Temos casos de diabetes nas duas partes da família, acho seriamente que esse excesso de açúcar fará mal.